Maggots Motherfuckers ↓

Translate/Tradutor

Visualizações do blog:

28 de nov de 2010

Mate.Feed.Kill.Repeat é muito ruim!

Curto muito Slipknot, mas quanto ao álbum "Mate.Feed.Kill.Repeat" tenho muito mais a criticar e reclamar do elogiar. Por curiosidade, resolvi baixar todos os álbuns do Slip pra ver se faltava alguma música deles no pc, e pra isso, usei os links que eu mesmo postei no meu próprio blog. Beleza, baixei os álbuns e fui ouvir o MFKR (Mate.Feed.Kill.Repeat). Eu já sabia que esse álbum era bem antigo, um dos primeiros do Slip, mas quando ouvi fiquei puto da vida. Putz, o álbum é ruim pra caraio, as músicas estavam um lixo, tipo não tinham conteúdo nenhum, isso sem falar que os caras da banda pareciam estar num ensaio em uma garagem bem fedida e nojenta. Na minha opinião, o "Mate.Feed.Kill.Repeat" foi um álbum totalmente prematuro e sem objetivo nenhum, já que a qualidade e o nível das músicas era baixissímo.

Porém, nesse álbum o Craig e o Paul tiveram participações muito maiores do que eles têm hoje, e em relação a isso, achei bem positivo, mas ainda sim o álbum é muito ruim.
Quando ouvi o MFKR parei e pensei: "Esse não é o Slipknot que eu conheço!", e admito que esse álbum me deixou bastante decepcionado e frustrado, pois eu pensava que o Slip era espetacular desde o começo, mas já vi que não é assim.
Com certeza o pior álbum, e pra mim o mais desagradável.

23 de nov de 2010

Curiosidades sobre o Slipknot

Uma banda tão fantástica como o Slipknot tem uma longa história em seus quase 15 anos de carreira. Desde 1995, a banda já fez muita coisa: musicas, videoclipes, depoimentos, entrevistas, comentários, etc e isso acaba gerando uma porção de curiosidades e por isso, hoje, caros leitores resolvi postar aqui algumas curiosidades que achei na internet. Eis elas:

Joey Jordison já fez sexo com sua ex-noiva usando máscara, o vídeo “Duality” custou cerca de meio milhão de dólares, o produtor Sean McMahon foi a um ensaio do grupo antes de lançarem seu primeiro disco, e ele achou parecido com Sepultura, durante a gravação do primeiro disco, Joey gravou uma música totalmente nu, durante a gravação do “Mate.Feed.Kill.Repeat” a banda usava um vídeo de pornografia como inspiração, quando ensaiavam na casa de Anders, não havia lugar para Craig entrar na sala, então ele tocava na lavanderia, nos primeiros shows, apenas Shawn e Anders usavam máscaras, o Slipknot tocou uma vez com o nome “Meld” antes de mudá-lo, antes de entrar nos shows, Shawn vomitava com Joey, o Slipknot dedicou um álbum a um amigo de Paul e Corey, que tinha morrido no mesmo ano do lançamento do disco,o primeiro álbum oficial do Slipknot vendeu cerca de 40.000 cópias logo em sua primeira semana de lançamento, a banda fez seus primeiros shows no “Safári Club” ao lado de uma igreja chamada “Mundo de Cristo”, a foto da frente do álbum "Self Title" foi tirada na garagem dos pais de Shawn, Joey quebrou 13 pares de baquetas durante a gravação de "People=Shit", quando o cd "Iowa" foi lançado, Corey foi até uma loja para comprar, o sampler que Craig utilizou para a intro do álbum “Self Title” (742671000027), foi tirado de um documentário sobre Charles Manson, “Carve” era uma música do Slipknot que foi alnçada entre 1999 e o começo de 2000. “Carve” é um dos demos que o Slipknot nunca lançou. No vocal estavam Corey e Anders, Craig no sintetizador, Josh na guitarra, Joey na bateria, Paul no baixo e Shawn na percussão. “Snap” é uma música rara do Slipknot e foi gravada em uma fita cassete. Era uma gravação demo, para mandar para as gravadoras. Ela foi gravada em 1996. Os antigos dreads da máscara de Corey era do seu próprio cabelo, porém, ele decidiu substituir por cordas. Os antigos dreads da máscara de Corey era do seu próprio cabelo, porém, ele decidiu substituir por cordas e Mick quebrou sua guitarra durante a gravação de "Iowa".
                                                           
E ai, curtiram saber o que pouca gente sabe?

20 de nov de 2010

Biografando: Led Zeppelin

Sou maggot, tá legal? Maggots tambem curtem outras bandas, não só Slipknot, e eu sigo o padrão.

Pessoalmente acho essa banda um clássico, tipo nasceu em 1968, maior tempão atrás e fez história até 1980 com a morte do baixista Jonh Paul Jones. Depois disso a banda se desfez e desde então não gravaram mais música, apenas versões demos que até aquela época não haviam sido publicadas. Jonh Jones morreu em 25 de Setembro de 1980, asfixiado com o próprio vômito em um quarto de hotel.

Particularmente, acho que a banda fez história com sua música tranqüila e cativante. A banda era conhecida por ser muito carismática em relação aos fás, o que lógicamente ajudou no sucesso do Led Zeppelin.
Algumas das maiores canções da banda foram "Stairway To Heaven" e "Since I've Been Loving You". Nas décadas 60, 70 e 80 Led Zeppelin ganhou muita fama e reconhecimento no mundo todo, tornando-se um ícone mundial de heavy metal, trash metal e metal alternativo.
A antiga formação da banda era:

Robert Plant - Vocalista e gaitista
Jimmiy Page - Guitarrista
Jonh Bonham - Baterista e percussionista
Jonh Paul Jones - Baixista e tecladista

Acho que a mistura de talento, carisma, simpatia e elegância dos integrantes da banda fez com que o Led Zeppelin se tornasse uma das bandas mais populares mundialmente ná década de 70. Os shows da banda eram envolventes e tinham muita interação com o público, o que motivava muitos fãs a compareçerem a apresentações do grupo.

Na minha opinião a banda era muito elegante tanto sonoramente quanto visualmente, conforme a foto dos caras do Led você verá que eles tinham um visual que 'chamava a atenção'. Não sei se naquela época, esse tipo de visual era moda ou se foi uma preferência da banda, mas eu até que curto o estilo dos caras. Se eu fosse definir a banda em uma palavra, essa palavra seria 'elegância', pois acho a banda extremamente elegante. O modo como Jimmy Page solava a guitarra nos shows, era único pois ele tinha um jeito todo especial, enfim... não sei explicar ao certo com que olhos vejo a banda, porém quanto ao baterista Jonh Bonham, acho que ele foi um dos bateristas mais clássicos da história. Ele simplesmente não pegava as baquetas e ficava tocando bateria, ele tocava com a alma, de coração, essa é a minha opinião.

Led Zeppelin - Elegância, charme, talento e carisma. Esse deveria ser o lema da banda.

18 de nov de 2010

Sid Wilson - O corvo no jarro

Sid Wilson, dj do Slipknot começa o depoimento dizendo que já viu muitas tatuagens loucas nos corpos dos fãs, e logo depois explica que em um certo show do Slip havia um animal preto, talvez um corvo dentro de um jarro e que um tempo depois esse pássaro começou a se decompor fazendo com que restasse um liquido gelatinoso e que Clown e ele ficavam cheirando o pássaro durante os shows, até que os fãs começaram a pedir para ver o que tinha dentro do jarro, e então Sid mostrou... e a partir daí, os maggots colocaram as mãos dentro do jarro e começaram a comer o liquido gelatinoso que havia lá dentro. Sid achou isso muito louco e repulsivo.

Abaixo, dê uma conferida no vídeo em Sid relata a experiência:
video
                           

Qualidade do som do Slip

Em 1º lugar, acho que a qualidade do som do Slipknot é muito boa, até porque os caras da banda são os melhores no que fazem. O equipamento da banda é de 1ª linha, e isso junto com a técnica e a habilidade dos integrantes resulta em um som foda pra caraio que enlouqueçe os fãs em qualquer show que eles façam em qualquer parte do mundo. Bom, o Mick e o Jim arregaçam na guitarra e um exemplo disso são os solos que eles fazem em músicas como "Psychosocial", "Dead Memories", "Gematria" e "Welcome". Solos que por sinal mostram todo o conteúdo e habilidade do Slipknot, que lógicamente transborda, isso sem falar nas distorções que esses malucos fazem, porque tem umas (distorções) em que eu fico imaginando como eles fazem aquilo, não entendo como conseguem, mas conseguem e isso o que importa.

Outro aspecto muito importante da banda é o baterista que esbanja talento, velocidade e técnica. Joey acompanha muito bem o ritmo da banda... pois cá entre nós, tocar bateria numa banda categórica e exigente como o Slipknot não deve ser nada fácil, isso além da pressão envolvida sobre o baterista, já que ele é um dos principais instrumentistas, e se ele erra, o resto segue o erro, mas como eu já disse, Joey consegue lidar muito bem com isso.

Corey Taylor, esse cara é que mostra toda a agressivade da banda, porque com aquele gutural do capeta não tem como não ver a banda como uma banda 'de peso' em termos musicais. Até hoje, não entendo e não consigo pensar em como ele faz aquela voz incrivelmente gritante e do demonio, porque é o que pareçe: a voz do demonio, e talvez ele seja mas só em termos vocais. Mas enfim, o cara é perfeito, tanto para o Slipknot quanto para o Stone Sour, pois Corey combina o gutural com a voz melódica do Stone Sour, o que acaba se encaixando perfeitamente nessas duas bandas (Slipknot & Stone Sour). Quanto à parte do baixo no Slip foi uma parte muito bem complementada pelo Paul, uma parte que hoje em dia não existe mais devido ao seu falecimento, o que acabou deixando os maggots muito afiltos em relação ao futuro da banda, pois há boatos por ai de que o Slipknot iria acabar, porém também há versões de Joey, baterista da banda dizendo que a banda faria ao menos mais um álbum, versão que depois foi desmentida pelos próprios integrantes no twitter oficial da banda. Embora o som do baixo ficasse muito 'escondido' devido aos outros instrumentos, foi muito bem executado. Paul Gray, além de ótimo baixista teve um papel fundamental na banda: foi ele que fundou a banda, juntamente com Andrews (ex-vocalista do Slipknot), e também uniu os caras que posteriormente formariam o Slipknot.

Sid Wilson também faz um papel importante, pois 'preenche' e 'complementa' as músicas, dando a elas um tom mais moderno e eletrônico, tendo em vista que ele é o dj do Slipknot. Ele utiliza seu equipamento muito bem abordando as músicas de uma forma diferente, além disso é o mais insano nos shows, e já tem uma coleção de ferimentos e hematomas ganhos devido a essa sua 'insanidade'. Sid alega sofrer de Sindrome Organica do Cérebro, doença que faz com que seus portadores odeiem a todos sem motivo algum.

A percussão e backing vocals do Slip ficam responsáveis por Chris Fehn e Shawn Crahan. Chris é o backing vocal principal além de fazer percusssão muito bem. Ambos percussionistas e vocais de apoio fazem um um trabalho de qualidade, principalmente em apoiar Corey nas canções. Com certeza fazem a diferença na banda e dão um 'toque a mais' nas músicas. E por último Craig Jones que tem um papel relativamente pequeno na banda, e que infelizmente é muito pouco valorizado. Craig é o tecladista e sampler do Slipknot e tem como principal retirar áudios de filmes e aplicá-los de forma adequada as músicas. Além disso, Craig é o responsável por alguns equipamentos da banda, tais como pedaleiras dos guitarrisas (Mick e Jim), nos shows Jones apenas toca teclado, pois seu trabalho de sampler já foi gravado e aplicado à melodia das musicas.


Enfim, não só acho como tenho certeza de que o Slipknot é uma banda de muita qualidade, tanto vocal como instrumental o que acaba tornando as músicas tão boas.
A habilidade dos integrantes é tamanha, que a maioria não consegue compreender como algumas coisas são feitas nas músicas, como por exemplo os solos e as distorções na guitarra, resumidamente a habilidade é maior que a compreensão.

15 de nov de 2010

Teoria do vicío em Slipknot

Sempre me faço essa pergunta: "Porque Slipknot vicia tanto?". Porque eu gosto tanto de Slipknot? Bom, não sou só eu que curto Slipknot pra caraio, metado do mundo curte pq a banda é mt irada, mt loka... mas só isso não explica porque toda essa 'alucinação'. Sempre tentei encontrar uma resposta, clara e lógica pra essa grande questão e acho que finalmente encontrei.

As letras das músicas do Slip tem como foco raiva, ódio, agressão, escuridão, nilismo, desisteresse e psicose, o que podemos considerar temas bastante caóticos e controversos como a adolêscencia de muita gente. Então, nós, adolescentes enfrentamos problemas como os temas musicais do Slipknot.
Raiva, escuridão, psicose, são muito comuns na adolêscencia das pessoas e então elas procuram uma 'fuga' de tudo isso, e geralmente a 'fuga' dos jovens é a música, pois interpreta tudo o que eles sentem e enfrentam na vida. Então, 'fogem para a música' mas lógicamente vão procurar um tipo de música que retrate aquilo pelo qual estão passando, e então começam a ouvir Slipknot, pois o Slip apresenta tudo aquilo de que eles querem 'fugir'. Basicamente, os adolescentes começam a ouvir Slipknot porque 'fogem' dos problemas, e a música do Slip é o 'esconderijo' perfeito para essas pessoas perturbadas temporariamente, pelo menos é comigo assim.

Porém, depois de terem sido 'curadas' desses problemas normais na adolescência, as pessoas já estão tão viciadas em ouvir Slipknot que não conseguem mais parar mais, e ai acabam virando os chamados "Maggots".

14 de nov de 2010

Downloads de álbuns do Slipknot

Para facilitar a vida de vocês, caros leitores, resolvi postar aqui os sites para downloads de álbuns de musicas completos do Slipknot, e totalmente de graça. Os álbuns e as musicas são os seguintes:

Mate.Feed.Kill.Repeat - http://www.4shared.com/file/-eIx34Vm/Slipknot_-_1996_-_Mate_Feed_Ki.htm (Slipknot, Gently, Do Nothing/Bitchslap, Only One, Taterred & Torn, Confessions, Some Feel, Killers Are Quiet, Dogfish Rising).

Slipknot (Self-Title)http://www.4shared.com/file/HE_4QHNz/Slipknot_-_Slipknotuv_1999.htm  (742617000027, (Sic), Eyeless, Wait And Bleed, Surfacing, Spit It Out, Me Inside, Taterred & Torn, Liberate, Prosthetics, No Life, Diluted, Only One, Scissors, Eeyore).

Iowa - http://www.4shared.com/file/SaQvd8i_/Slipknot_-_Iowa_2001.htm (515, People=Shit, Disasterpiece, My Plague, Everything Ends, The Heretic Anthem, Gently, Left Behind, The Shape, I Am Hated, Skin Ticket, New Abortion, Metabolic).

Vol 3: The Subliminal Verses - http://www.4shared.com/file/SaQvd8i_/Slipknot_-_Iowa_2001.htm (Prelude 3.0, The Blister Exists, Three Nil, Duality, Opium Of The People, Circle, Welcome, Vermilion pt. 1 e 2, Pulse Of The Maggots, Before I Forget, The Nameless, The Virus Of Life, Danger Keep Away).

9.0 Live - http://www.4shared.com/file/YwxmOcLM/Slipknot_-_90__Live_CD_DUPLO.htm CD 1 - Todas as músicas desse álbum são ao vivo! (The Blister Exists, (Sic), Disasterpiece, Before I Forget, Left Behind, Liberate, Vermilion, Pulse Of The Maggots, Purity, Eyeless, Drum Solo, Eeyore). CD 2 - (Three Nil, The Nameless, Skin Ticket, Everything Ends, Iowa, The Heretic Anthem, Duality, Spit It Out, People=Shit, Get This, Wait And Bleed, Surfacing).

All Hope Is Gone - http://www.4shared.com/file/rEKDTDPA/Slipknot_-_All_Hope_Is_Gone_Sp.htm (Execute, Gematria - The Killing Name, Sulfur, Psychosocial, Dead Memories, Vendetta, Butcher's Hook, Gehenna, The Cold Black, Wherein Lies Continue, Snuff, All Hope Is Gone). Faixas bônus: Child Of Burning Time, Til We Die, Vermilion pt. 2. 

Novo album do Slipknot em 2012! \o/

Em uma entrevista ao "Metal Injection" um renomado programa americano de tv, Joey Jordison, baterista do Slipknot disse que o próximo álbum da banda deverá sair em 2012. O entrevistador questionou Joey dizendo: "E o que os fãs podem esperar do Slipknot?", e em seguida Jordison respondeu: "Nada, antes de um álbum que será lançado em 2012". Ou seja, o Slip não vai acabar, vai ter pelo menos mais um álbum confirmado e segundo boatos Corey seria o baixista e vocalista da banda nos próximos álbuns. Ao menos uma notícia boa após a morte do nosso eterno Paul Gray.

Abaixo, você pode conferir a entrevista concedida por Joey Jordison à "Metal Injection":

   video

13 de nov de 2010

Joey Jordison no melhor solo de bateria do mundo.

Puta que pariu, esse solo de bateria que o Joey faz é muito foda. Particularmente nunca vi um solo tão incrível assim, e não falo isso só porque considero o Joey uma inspiração o melhor baterista pra mim, falo porque essa é a minha opinião. A velocidade, a técnica, a criatividade vista nesse solo não deixa nenhuma dúvida de que Joey Jordison é com certeza um Deus da Bateria. O cara nasceu para tocar bateria, ele é o melhor no que ele faz, e veio ao mundo para fazer história e marcar com seu par de baquetas e seus pedais. Eis alguns recordes de Joey:
já conseguiu 510 bmp (batidas por minuto) por 7 minutos e 14 segundos, foi considerado em 2005 o melhor baterista dos últimos 25 anos, já bateu o recorde de quebra de baquetas em uma única música. O recorde atual era de 7 pares de baquetas, mas Joey superou com folga. Jordison quebrou nada mais, nada menos do que 13 pares de baquetas na gravação da musica "People=Shit".
Após tudo isso, tenho certeza de que Joey ou 'Pequeno Notável' como também o conhecido por sua baixa estatura, é o melhor baterista do mundo.

Abaixo confira o solo mais irado, surreal, incrível, fodástico e espetacular do mundo:
                          
   video